terça-feira, maio 08, 2007

Preços de Ingressos

A capacidade do Estádio Olímpico, estádio este do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, gira em torno de 50.000 pessoas.

No domingo passado esteve completamente lotado o estádio na decisão do Campeonato Gaúcho, nesta quarta ocorrerá outra decisão, agora pela Taça Libertadores da América contra a equipe do São Paulo e os ingressos disponíveis já estão esgotados.

Estou escutando o programa de esportes Sala de Redação da Rádio Gaúcha que ocorre diariamente entre as 13 e 14 horas.

Um dos debates ocorridos entre os participantes foi o valor do preço dos ingressos vendidos para o jogo desta quarte diante do São Paulo, os valores dos ingresso são os seguintes:

  • Arquibancada - R$30,00
  • Cadeira Especial Júnior - R$30,00
  • Cadeira Lateral - R$50,00
  • Cadeira Central - R$100,00
  • Cadeira Especial - R$120,00

Diziam os debatedores, que os valores cobrados pelo clube para esta partida estariam fora de uma realidade brasileira. Eu afirmo que qualquer aluno do primeiro semestre de economia poderia dar argumentos para colocar abaixo a tese defendida pelos debatedores.

Vejamos:

  • Capacidade do estádio 50.000 pessoas;
  • Ingressos postos à venda 22.000;
  • Demais 28.000 são destinados aos sócios;
  • Demanda por ingressos muito maior do que oferta;

Isto nos permite chegar as seguintes conclusões: os preços cobrados podem até ser caros para certa camada social; no entando, há espaço para que se aumente ainda mais o preço cobrado, pelo fato da demanda estar acima da oferta. Isto permite que possamos chegar ao ponto de equilíbrio através da variação - para cima - do preço dos ingressos.

Logo, percebemos que os valores cobrados não estão fora da realidade brasileira e mais, o clube está perdendo arrecadação.

2 comentários:

Leonardo Monasterio disse...

Concordo com vc, mas eu entendo a lógica dos apresentadores do progrma. Imagina se os caras diz: "vc, durango, tem mais eh que ficar vendo pela tv. Quem mandou ser pobre?". Reclamando do preco eles agradam o publico do radio.

Davi disse...

Ok Leo a tua idéia está corrétissima, entendo que eles tem de agradar e dar uma de político.

Mas os mesmos reclamam que jogadores jovens são vendidos ao exterior e que nossos campeonatos são fraquíssimos.

Isto tudo passa, também, pelos preços dos ingressos. Manter jogadores jovens de qualidade requer recursos financeiros para manter o clube em superávit.

Aí sentam o "pau" nos clubes que vendem seus jogadores e querem que os preços dos ingressos sejam socialistas.

Parece que a coerência passa longe de jornalista também? Poderiam ao menos se dividir e metade defender ingressos baratos e a outra metade investimentos altos por parte do clube.