terça-feira, janeiro 02, 2007

Cerveja

Uma argumentação para o aumento do consumo de cerveja no Brasil nos últimos 50 anos foi dada na coluna de Paulo Sant'ana, colunista de Zero Hora. Segundo sua versão, o aumento teria ocorrido devido proliferação de refrigeradores em bares, restaurantes, postos de combustíveis e botecos.

Alguma outra sugestão?

2 comentários:

rodrigo disse...

É um bom ponto esse.

testes mais ou menos furados:

a) ver se o crescimento da venda de cerveja no inverno tem a mesma velocidade do crescimento no verão. no inverno qualquer porta de geladeira gela uma cerveja. no verão precisa-se de frezeers mais potentes.

b) ver se o crescimento do consumo de cerveja per capita está correlacionado com a temperatura média das cidades.

não são testes muito confiáveis, mas é a única maneira que me ocorre de testar.

ah, talvez mais uma

c) ver se no mesmo período outros produtos que dependem de refrigeração tiveram crescimento semelhante em seus mercados (refrigerante, água, sorvete).

por aí.

Davi disse...

Quanto a tua questão a, informações que tenho dão conta de que o crescimento da cerveja ocorre com maior intensidade no verão, claro que é algo que faz muito sentido.

A questão b também acredito que tenha correlação positiva.

E a questão c que me parece a melhor de todas, pois faz uma relação direta utilizando o mesmo ponto central abordado pelo Sant'ana.